segunda-feira, 18 de julho de 2011

Explicação

Sem toques
sexo,
orgasmos,
noites quentes.
Só ausências
Só distância
indiferença.
Sem romance
nem olhares
ou presentes.
sem perfumes
sem palavras
só silêncio.
Sem promessas
sem passeios
só receios.
E a sensação
de que esse amor se alimenta do tempo.

Sandra Freitas.

Um comentário:

  1. Minha querida

    Vim ter contigo e acabo de ler-te neste poema com a tua marca inconfundível!!!

    Pensarei em dupla, porque tenho saudades de ti!

    Beijoka do ZÉ

    ResponderExcluir