segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Imprescindível



Prescindimos nos olharmos,
pra ver a chama queimar o gelo.
Sem toques, somos metafísicos.
Prescindimos nos vermos sempre.
Sem calores, odores, fluídos.
Não dividimos a cama
a mesa
o pão.
Prescindimos nossa própria presença,
por que o imprescindível já temos:
nossa casa é um no outro.
Pra sempre...

Sandra Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário