terça-feira, 1 de novembro de 2011

Passagem







Você vai se aventurar

se aconchegar em outros braços

derreter-se entre pernas e fogo..

talvez casar, amar, entrar no jogo..(da vida)



Ter sua alma aprisionada no coração de alguém.



Eu serei apenas o cheiro de rosa fresca

impregnado em sua memória.

o atrevimento gostoso de outrora.

a areia da terra do nunca

empoeirando seu  coração.

Sem dor, amargura, nem saudade.

Só a paz esgarçando as lembranças.



Serei a foto guardada, só por  guardar...

os versos soltos na caixinha do armário..

o papel  de presente colorido

a embalagem do chocolate..

o gosto do café...

o relógio parado,

o paladar amarulado...



mas sem dor, amargura, nem saudade.

só respirar profundo em  lembranças

e um sorriso no canto esquerdo da boca,

que não se desfaz.....


Sandra Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário