terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Recortes


Aos poucos a vida vira a página
que eu não consigo parar de ler.
Aos poucos as nossas imagens
suplicam pra te esquecer.
Aos poucos, anestésicamente,
Aos poucos homeopáticamente.
Vou te deixando partir....

Sandra Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário