segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Adélia...sempre Adélia...







“Amor pra mim é ser capaz de permitir que aquele que eu amo exista como tal, como ele mesmo. Isso é o mais pleno amor. Dar a liberdade dele existir ao meu lado do jeito que ele é.”
―Adélia Prado.



Sandra Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário